quinta-feira, 3 de junho de 2010

Queda de braço.


     Quem não gosta de um cachorro quente, com bastante kat chup, mostarda, maionese e uma porção de batatas? Ou um hamburguer, com uma porção de batatas fritas com uma coca-cola? O Macdonald que o diga pois estão milionários, fazendo a alegria do povo, e engordando-os também.
      Agora, quem gosta de uma alimentação saudável, como um feijão pouco temperado, um arroz integral, uma carne magra na grelha, muita salada, um suco natural. E de sobremesa uma fruta?
      Bom, a primeira alimentação, não tem sustância, é pobre em vitaminas, sais minerais, ricas em carboidratos e o efeito que causa no corpo é obesidade, falta de energia etc. Porém, a segunda é rica em nutrientes que nos auxiliam no desenvolvimento das atividades físicas e mentais.
Meu querido Jovem, não quero falar de alimentação, como arros, feijão etc. Mas do princípio que uma boa alimentação trás.

Vamos falar da alimentação da alma do espírito.
       
     Quantos de nós estamos satisfeitos com “lanches” espirituais, por exemplo: uma reunião no trabalho, aula de religião no colégio, apenas ouvindo hinos, indo à igreja só aos domingos, lendo a bíblia só na igreja, etc. Esses alimentos não são suficientes para trazer sustância que tanto precisamos, para o dia a dia, pois engorda o ego, nos dando uma falsa sensação de bem estar, porém quando formos posto à prova, não teremos bagagem o suficiente para enfrentarmos os desafios. O corpo alimenta-se de comida e bebida, a alma de leitura, oração, comunhão com os santos. Quer ficar apenas no lanche? Ou quer alimentar-se de comida sólida?
      O lanche retarda nosso desenvolvimento espiritual, nos torna raquíticos, observe o que Paulo diz aos hebreus. Hb 5.12 “Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento”. Enquanto mais você alimentar-se da Palavra de Deus, mais forte serás.

Alimentando o espírito.

      Mais uma vez recorremos ao livro de Hebreus no capítulo 13 versículo 9 Paulo nos chama a atenção para o verdadeiro alimento ”Não vos deixeis levar em redor por doutrinas várias e estranhas, porque bom é que o coração se fortifique com graça, e não com alimentos que de nada aproveitaram aos que a eles se entregaram. Veja que devemos nos alimentar da Graça de Deus, da Palavra(Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.Sl 119.11), de oração(Orai sem cessar I Ts 5,17), dos cultos de Doutrinas(e admiravam a sua doutrina porque a sua palavra era com autoridade.Lc 4,32), Escola Bíblica Dominical, em fim de todas as atividades da igreja. Só assim estaremos, vacinados contra as ciladas do inimigo, nosso corpo, alma e mente estarão preparados para a batalha da vida.
      Precisamos, de alimento que fortaleça a alma, o espírito, para podermos resistir nos dias maus, e este alimento, só encontramos na Bíblia Sagrada, que é a palavra de Deus. Hb 5.14 “Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal”. Jo 4.31,34 ”E entretanto os seus discípulos lhe rogaram, dizendo: Rabi, come. 32 Ele, porém, lhes disse: Uma comida tenho para comer, que vós não conheceis. Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.
Que Deus nos abençoe.

1 comentários:

Lucas Marin disse...

Muito Bom o artigo.

Que o Senhor continue sempre lhe concedendo graça!

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails